Muitas pessoas perguntam qual a diferença de um películas de carbono para películas de cerâmica.

Após alguns treinamentos em Las Vegas eu também fiz esse questionamento. A fábrica me comentou que a diferença não é tão grande, de um filme de carbono para um filme de cerâmica, desde que eles tenham realmente cerâmica na composição ou carbono na composição.

O que a gente vê muito hoje no Brasil são filmes sendo vendidos como cerâmica ou carbono e não tem nada disso na sua composição, tem outros produtos que são absorventes que imitam uma cerâmica ou uma carbono.

Bom, mas o assunto é o seguinte: qual a maior diferença das película de carbono para a de cerâmica?

Eu vou fazer um resumo bem rápido para você: Imagine o filme, a película em si.
Temos um film de cerâmica e um de carbono.
O carbono é o seguinte: ele tem influência na transparência do filme. Uma película carbono 50, é menos carbono. Já uma linha de carbono 35, é mais carbono na composição.

Uma 20% carbono, é mais carbono. Uma carbono 5, é mais carbono. E quanto mais carbono, maior é a performance de infravermelho, e mais escura é a película.

No filme de cerâmica, ele é diferente. O filme de cerâmica, todos ele, não importa a transparência, se é mais claro ou mais escuro.
A redução de IR sempre vai ser a mesma. Por exemplo: se reduz 70 no film escuro ele vai reduzir 70 aqui também na sua versão mais clara.

Só que na cerâmica, não tem como você fabricar um filme de cerâmica 5% então todos eles possuem uma “base” que seria uma película 70 ou 80 por cento. Aí depois é laminado um outro filme que vem por cima, para dar cor. Uma 35% é uma cerâmica com um filme colorido por cima , é a cerâmica transparente mais esse 35.

O 20, é cerâmica mais 20. O 5, é cerâmica mais 5.

Quer entender vendo em video? Basta clicar aqui que eu te explico!

 

Então, independente da transparência do filme de cerâmica a redução de IR sempre vai ser a mesma. Isso é bom para o filme de cerâmica, porque, por exemplo:

Se a gente pega um filme bem claro a gente consegue uma performance boa, porque na redução de infravermelho é alta.

 

Nas películas de carbono, em sua versão mais clara, a gente acaba perdendo muita performance. Eu tenho uma comparação de 2 filmes que são vendidos no mundo inteiro.

Analisando em boletins técnicos de películas de carbono e de cerâmica

São boletins técnicos verdadeiros para vocês terem noção: A linha Dimension, ela reduz 96% do total ou 92 para quem quiser saber melhor informação ela reduz 92% de Infravermelho, independente da transparência ser mais claro ou mais escuro sempre vai ser a mesma

Então, por exemplo, em um filme claro eu consigo performance 52%, 58%, 64%, 66%, esses filmes possuem performance alta mesmos em versões transparentes.

No filme de carbono claro, para o 50 ele só reduz 27% de infravermelho, no 35 ele só 38% de infravermelho, no 20 ele já começou a aumentar um pouquinho, 56%.

No 5, a performance já é 72%, aí a diferença fica bem grande.

Isso não quer dizer que as películas de carbono sejam ruins!

É que o film de cerâmica, por ele ter essa camada de cerâmica em todos os vlts, possui performance melhor do que as películas de carbono, ok?

VLTs de películas de carbono
Vlts, quanto menor o número, mais escura sua película, se for de carbono maior a proteção, se for de cerâmica protege igualmente em todas as transparências.

Porém a gente pode ter filme de carbono no mercado com altíssimas rejeições de energia solar, e com boa visibilidade.

Pra saber mais sobre como escolher películas, é só clicar aqui.

Um abraço, Reginaldo Moraes da Rosa

Técnico ASWF.